Clube da Jardinagem

Para cada grama há um cuidado específico, como poda, adubo, rega e até mesmo altura que ela deve ficar; conheça “A grama do vizinho é sempre mais verde”. Quem mora em casa sabe como é difícil manter a grama sempre verdinha e bonita. Tem dias em que ela parece estar amarelando, em outros cresce rápido demais e quando seca é um “Deus nos acuda” para devolver a vivacidade do terreno. Deixar a grama mais verde que a do vizinho exige cuidado, paciência e um olhar recorrente na previsão do tempo. Quer deixar o seu gramado mais lindo que o novo do Maracanã? Então confere nosso “Manual do gramado verde” para deixar seu jardim muito mais bonito. O tipo certo de grama Você sabia que existem diferentes tipos de grama? Cada tipo de gramado tem suas peculiaridades e especificações.(..) Continuar lendo

Quando se fala em gramado, geralmente se pensa em campos de futebol, no entanto são inúmeras as pessoas que em suas residências ou casas de campo possuem um gramado compondo a decoração do ambiente. Isso ocorre, pelo fato das pessoas gostarem de ter a vida e o verde das plantas próximas de si, além do mais, as gramas combinadas com outras espécies vegetais transmitem vida e ajudam a dar ao local um ar de maior claridade ao local, realçando todo o local. As gramas são utilizadas na composição de pradarias e pastagens, e alguns tipos servem de alimento para algumas espécies animais. Devido ao fato dos gramados terem importância no aspecto ornamental e até mesmo alimentício para os animais, ter um gramado verde e bonito é o sonho de muitas pessoas que cultivam alguma espécie gramínea. Inclusive, a composição(..) Continuar lendo

Morar em apartamento é, hoje em dia, uma realidade crescente nas grandes cidades e isso tem provocado uma grande procura por empresas e profissionais especializados em criar jardins para varandas e terraços. "Quero um jardim na varanda do meu apartamento, com plantas bonitas e flores perfumadas!" - frases deste tipo têm sido ouvidas com freqüência pelos profissionais da área, pois fazem parte da realidade atual dos moradores dos grandes centros urbanos. O medo da violência, a necessidade de novas moradias dentro de um espaço que não aumenta mais, o número crescente de pessoas que moram sozinhas (descasados, solteiros convictos, jovens independentes, etc.) são algumas das razões que explicam a proliferação dos edifícios de apartamentos. A "nova realidade" gera necessidades básicas que precisam ser atendidas com rapidez,(..) Continuar lendo

Por Regina Motta   Com a chegada da Primavera, os dias se tornam mais longos, as plantas receberão mais luz, o clima se torna mais agradável e as plantas começam a florir em virtude desta variação climática. O aumento da floração atrai mais pássaros, borboletas e abelhas que são grandes polinizadores. Em nosso país, de dimensões continentais, as condições climáticas não são as mesmas nas várias regiões. No Nordeste o inverno marca a estação chuvosa, enquanto no Sudeste e Sul e Centro-oeste ocorre a época da seca. A Primavera traz para o Centro e Sul o aumento da umidade e calor que estimula o crescimento das plantas. É, então, o momento de revitalizar jardim, aproveitando as forças benéficas da natureza. Em primeiro(..) Continuar lendo

Por: Kaio Emmanuel Farias Você já pensou nas possibilidades que o jardim pode trazer para a terapia ocupacional? Em como ele pode auxiliar as pessoas a se desenvolverem e se tornarem autônomas e independentes, de forma plena e feliz? Pois, por meio da jardinagem, e pelas características intrínsecas à atividade, podemos obter benefícios importantes para nossa saúde e bem estar, seja físico ou mental. O contato com a natureza, o ar livre, o mexer com a terra, o sol na pele, o canto dos pássaros, assim como o simples vislumbrar das flores e borboletas, já nos alimenta de beleza e alegria. Em doses regulares, é um tratamento valioso para tantos que precisam e uma manutenção igualmente importante para aqueles que já se encontram saudáveis. Afinal, quem nunca ouviu falar que o jardim relaxa e desestressa. Não é à toa que é o hobby de(..) Continuar lendo