Clube da Jardinagem

Como Plantar Morangos em um Vaso

segunda, 25 de junho de 2018

Plantando os morangos

1 - Compre uma muda ou um estolão em um viveiro de plantas. O morango quase nunca é cultivado com sementes no ambiente doméstico. Geralmente, é possível plantá-lo a partir de pequenas mudas ou estolões (uma espécie de caule com raízes) retirados da planta-matriz. Ambos são facilmente transplantados para vasos com o mesmo método.

Os estolões costumam ser mais baratos do que as mudas, mas podem exigir cuidados especiais, como ficar de molho (mergulhia) ou sob refrigeração. Siga as instruções dadas no viveiro de plantas se for o caso.

As plantas neutras (que produzem diversas colheitas pequenas) ou as de produção contínua (que produzem duas colheitas por ano) são ideais para o cultivo em vasos. Embora seja possível cultivar plantas que produzam em dezembro, elas só dão uma colheita grande anual, além de preferirem o ambiente do jardim.

2 - Comece a cultivar morangos no final da primavera ou no início do verão. Consiga a muda ou o estolão um pouco antes do plantio. No caso de algumas variedades, já dá para colher morangos no outono.

O estolão geralmente pode ser mantido na geladeira por alguns dias até o plantio, enquanto as mudas podem sobreviver nos vasos que vieram. Porém, não espere muito para plantá-los.

3 - Compre um vaso que tenha entre 40 ou 45 cm de largura por 20 cm de profundidade. Veja se ele tem furos no fundo para escoamento de água. Vasos de terracota, canteiros, jardineiras ou vasos pendentes são boas opções.

Se você decidir usar vasos pendentes, é importante verificar a planta sempre para saber se ela não está seca demais. Deixe o vaso longe de corredores de vento e fique de olho na umidade da terra.

4 - Encha o vaso com substrato ou composto orgânico. Use um solo pronto com pH entre 5,5 e 6,5 ou use apenas o composto orgânico. Encha o recipiente até faltar cerca de 2,5 cm para a borda.

No caso de vasos grandes e pesados, forre o fundo com pedras pequenas ou lascas de cerâmica. Coloque um pedaço de juta antes de cobri-las com terra, o que ajuda no escoamento da água. Além disso, o vaso fica mais leve do que se fosse preenchido somente com terra, o que facilita trocas de lugar se for preciso.

Não use terra do quintal. Ela pode não ter uma boa drenagem nem o pH ideal para plantar morangos.

5 - Transplante os morangos para o vaso. Cave um buraco com profundidade suficiente para comportar as raízes. Você pode usar o vaso que veio do viveiro de plantas como guia. Retire a muda do vaso e coloque-a no buraco. Use a terra tirada para cobrir as raízes e regue o solo em volta do pé de morango.

O caule espesso e verde (conhecido como coroa) deve ficar um pouco acima da superfície da terra e o topo da raiz deve ficar um pouco abaixo da superfície.

6 - Deixe um espaço de aproximadamente 25 a 30 cm entre as plantas. Se o vaso for grande, você pode colocar mais de uma muda nele. Separe-as para que elas tenham espaço suficiente para se desenvolver.

 Cuidando do pé de morango

1 - Deixe os pés de morango tomarem de seis a dez horas de luz solar por dia. É melhor colocar os vasos para fora durante a primavera, verão e outono para que eles recebam o máximo de luz solar possível. Se não der, tente mantê-los em uma janela bastante ensolarada.

Se não houver muita luz do sol na sua região ou se não der para deixá-los sob o sol direto, coloque lâmpadas para as plantas dentro de casa. Deixe os pés de morango sob a iluminação por seis a dez horas diárias.

Lembre-se de virar os vasos a cada semana, permitindo que ambos os lados da planta recebam luz solar suficiente.

2 - Regue a planta sempre que o solo secar. Uma vez por dia, coloque o dedo na terra. Se você sentir que ela está seca e um pouco farelenta, regue o pé de morango. Regue o solo e não as folhas para evitar o surgimento de fungos.

É melhor colocar água mais vezes do que regar a planta em excesso uma só vez. Se depois da rega sobrar água no fundo do vaso, diminua um pouco a quantidade na próxima vez.

3 - Proteja o vaso do vento. O vento resseca a terra e pode derrubar os vasos, estragando os pés de morango. Em caso de ventania, coloque os vasos atrás de uma cerca ou de uma barreira qualquer. Outra opção é colocar estacas em volta deles para mantê-los no lugar.

4 - Coloque fertilizante líquido na planta a cada duas semanas na primavera e no verão. O morango cultivado em vasos geralmente precisa de fertilizante, pois ele não consegue obter nutrientes tão facilmente. Use um fertilizante de fórmula 10-10-10 ou uma mistura especial, como a de tomate. Siga as instruções da embalagem para a aplicação.

5 - Use um pesticida para matar as pragas. Ao notar folhas esburacadas ou manchadas e frutos carcomidos, pode ser que haja alguma praga atacando os morangos. Um sabão inseticida ou um produto que contenha neem (ou nim) podem ser eficazes contra centopeias, tisanópteros (tripes) e besouros. Siga as instruções do rótulo antes de usar o produto.

Na maioria dos casos, basta pulverizar o pesticida diretamente nas folhas no início da manhã ou ao cair da tarde.

Se pássaros estiverem bicando os morangos, proteja os pés com uma tela ou rede para mantê-los fora do alcance das aves.

6 - Mate os fungos com um fungicida. O morango desenvolve fungos com facilidade. Ao notar alguns pontos com uma espécie de pó ou manchas nas folhas, compre um fungicida em um viveiro de plantas ou loja de jardinagem. Leia o rótulo do produto para saber se ele é seguro e siga as recomendações de uso da embalagem.

Deixe os vasos longe de tomates, berinjelas e batatas, pois essas plantas normalmente são portadoras de diversos fungos que se espalham nos morangos.

Regue a base da planta e não as folhas para evitar o desenvolvimento de fungos.

Remova as folhas com fungo para impedir que ele se alastre para todas as partes da planta.

7 - Leve os vasos com os pés de morango para dentro no inverno. Se eles estiverem no quintal, não deixe de levá-los para dentro caso haja geadas na sua região. Confira a previsão do tempo para saber quando a primeira onda de frio chega na sua área.

Coloque-os perto de uma janela ensolarada ou sob luz artificial durante o inverno. Essa medida garante a iluminação adequada na estação.

Mantenha os vasos em um porão, garagem ou cômodo sem aquecimento. Basta regar as plantas a cada uma ou duas semanas.

Incentivando a colheita

1 - Remova as flores que aparecerem no primeiro ano. Arranque ou corte as flores para pular a primeira colheita e assim ter morangos mais fortes na segunda colheita. Se a planta for neutra ou de produção contínua, remova as flores até o final de dezembro para ter uma colheita no outono. Se a variedade do morango produzir em dezembro, retire todas as folhas no primeiro ano.

2 - Adicione um novo solo ou composto orgânico na primavera. Como o estoque de nutrientes se esgota em um vaso, é preciso trocar a terra todos os anos. Setembro e outubro são os melhores meses para isso.

Caso os recipientes sejam pequenos, como jardineiras de janela ou vasos pendentes, troque toda a terra. Retire os morangos delicadamente do vaso, com cuidado para não estragar as raízes. Descarte a terra antiga e coloque o solo fresco.

Se o vaso for grande, basta misturar composto orgânico à camada de cima da terra antiga, sem a necessidade de trocá-la.

3 - Livre-se dos estolões a menos que você queira cultivar novas plantas. O pé de morango produz hastes longos e sem folhas, conhecidos como estolões. As mudas e as raízes crescem a partir deles, formando novas plantas, mas elas acabam roubando a energia que a planta usaria para produzir frutos. Corte-os com uma tesoura de poda.

Se quiser cultivar novos pés de morango, guarde os estolões. Prenda a pequena plantinha do caule com um grampo de cabelos ou com um clipe no solo. Assim que as folhas brotarem, separe-a da planta-mãe e coloque-a em outro vaso.

4 - Colha os morangos quando eles ficarem vermelhos. Colha todos os frutos quando estiverem maduros e não deixe nenhum morango podre no arbusto. Para colhê-los, basta torcer a haste da planta. Lave-os antes de comer.

Dicas
- A maioria dos pés de morango para de produzir frutos após três ou quatro anos.
- Tome cuidado para não regar a planta em excesso.

Materiais Necessários
Estolões ou mudas.
Vasos de todos os tipos.
Substrato ou composto orgânico.
Fertilizante.
Pá.
Tesoura de poda.
Regador ou mangueira.
Sabão inseticida ou neem (nim).
Fungicida.
Lâmpadas de estufa (opcional).



Disponível em: wikiHow como fazer de tudo