Clube da Jardinagem

8 Dicas para começar na Jardinagem Orgânica

segunda, 21 de outubro de 2019

Por: Raquel Patro

Dependendo do ponto de vista e da sua habilidade, praticar a jardinagem através de práticas ecológicas e orgânicas pode ser um hobby relaxante ou uma ideia frustrante e difícil de implementar. As dicas abaixo vão te ajudar a encarar a jardinagem de uma forma mais simples:

1. Comece com o solo: Um jardim precisa de um solo neutro para que as plantas cresçam de maneira apropriada, aproveitando bem os nutrientes. Assim, você pode solicitar uma análise de solo a um engenheiro agrônomo. Uma amostra do solo do terreno será enviada para análise em um laboratório especializado e você terá a oportunidade de corrigir a terra antes do plantio. Lembre-se que calcários e pós de rocha são permitidos na agricultura orgânica. O calcário vai neutralizar o pH do solo, caso ele seja ácido, preparando o terreno para receber os adubos orgânicos e as plantas.

2. Para ter flores durante a primavera, verão, outono e inverno, lembre-se de plantar alguns bulbos. Os bulbos são rústicos, perenes e vão florescer ano após ano, não necessitando replantio e compras frequentes na floricultura. Combine diferentes espécies para ter plantas bulbosas florescendo em épocas diferentes, e mantenha seu jardim surpreendente e sustentável o ano inteiro.

3. Evite o uso de agrotóxicos, mantendo suas plantas secas e arejadas todos os dias. Confira as plantas, buscando por vasos com água parada, e outras condições que favoreçam o aparecimento de fungos. Os fungos são os algozes mais frequentes, causando doenças nas plantas. Se você puder evitá-los mantendo uma boa ventilação das suas plantas, evitando de molhar as folhas e mantendo os vasos e substratos bem drenados, poderá prevenir o uso de fungicidas. Da mesma forma, cuide para que suas plantas recebam sempre uma boa iluminação (adequada a cada espécie), e não negligencie uma fertilização equilibrada e de qualidade. Plantas saudáveis são mais resistentes ao ataque de pragas.

4. Coloque uma generosa camada de palha, serragem ou folhas secas sobre o solo na sua horta. Esta cobertura morta mantém o solo ao redor das plantas úmido por mais tempo. Além disso, ela impede o surgimento de ervas daninhas. Só cuide para que estas coberturas não encostem no colo das suas hortaliças. Com este cuidado, suas plantas receberão mais água e nutrientes e você gastará menos tempo lidando com plantas invasoras.

5. Pare de resistir às ervas daninhas. Isso mesmo, estude sobre as PANC (Plantas Alimentícias Não Convencionais) e descubra um novo universo de saladinhas deliciosas, nutritivas e saudáveis que estão nascendo espontaneamente no seu jardim. Você perde uma atividade estressante de lutar contra ervas daninhas e ganha aliadas orgânicas para a sua saúde. É tudo uma questão de ponto de vista. Daqui a pouco você mesmo estará semeando elas na sua horta, atrás dos seus sabores e cores naturais.

6. Tire proveito da jardinagem como uma atividade de lazer e relaxamento. Todo mundo quer encontrar uma maneira de desestressar e se divertir. Entre muitas maneiras, a jardinagem é de longe uma das mais agradáveis ​​e fáceis de começar. No entanto, exige um pequeno investimento de dinheiro em plantas e tempo para aprender, mas tem retornos tremendos. Seu lindo jardim exuberante e orgânico lhe permitirá colher a sua paz de espírito e muita saúde.

7. No calor escaldante do meio dia, muitas plantas estão macias, o que significa que podem ser danificados com maior facilidade. Ao invés de torcer e arrancar os tomates, vagens e outros frutos, prefira cortá-los fora. Assim, você danifica menos as plantas que poderão continuar produtivas. Tecidos cortados cicatrizam rápido, mas tecidos amassados, esticados e esmagados acabam apodrecendo e servindo de porta de entrada para agentes oportunistas como fungos e bactérias.

8. Depois que suas sementes germinarem, elas não precisarão ser mantidas tão aquecidas quanto antes. Para garantir que suas plantas não sofram choques, comece a abrir a estufa ou embalagem que utilizou para mantê-las quentes. Se você usou plástico, já inicie a remoção dele assim que elas brotarem. Quanto antes você fizer isso melhor, uma vez que elas vão se adaptando às condições externas mais rápido, e terão melhor chance de pegamento quando forem transplantadas para o local definitivo. Fique de olho nas suas sementes para que você saiba quando isso deve ser feito.

A jardinagem orgânica é perfeitamente possível, mas pode ser muito mais complexa do que parece. Uma vez que você não pode utilizar venenos nem adubos químicos, deverá se esmerar e ter resiliência frente aos problemas que poderão surgir. É preciso paciência e trabalho constante, mas vale a pena ter uma hortinha e jardim orgânicos, por inúmeros motivos. Ao aplicar essas dicas, você partiu para um belo horizonte com a jardinagem orgânica. Vai ver que é recompensador e muito gratificante.


Açucenas podem ser plantadas e florescer ano após ano em ricos canteiros no jardim.

Texto e imagem retirados de: Jardineiro.net