Clube da Jardinagem

Por: Amanda Cruz

Falar com as plantas? Borboletas gostam de ervas daninha? Tomates doces com bicarbonato de sódio? Sim, o seu jardim pode ser bem misterioso e cheio de surpresas. Abaixo, desvendamos oito delas 1. Terra povoada Segundo um estudo feito pela Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, o número de microorganismos em uma única colher de chá de terra do que a população total do planeta. E, por mais que isso te dê arrepios, são esses seres microscópicos que enchem o solo de nutrientes e ajudam as plantas a crescerem. 2. Plantas respondem aos sons Não é coisa de maluco, conversar com as plantas pode afetar positivamente as suas espécies. Estudos mostraram que a vibração dos sons (como uma música ou a sua própria voz) podem influenciar o crescimento da planta.(..) Continuar lendo

Podemos dizer que os jardins como reunião de plantas tiveram seu início no momento em que o homem deixou de ser nômade e fixou residência em local previamente escolhido.

Aos homens cabiam as funções de caça e pesca e às mulheres os trabalhos domésticos e o plantio de vegetais.

Ao longo do tempo cada povo desenvolveu uma maneira de plantar, controlar ou orientar suas plantas, fazendo com que, dessa maneira, surgissem os jardins com suas formas e estilos diferentes.

Até onde se sabe os primeiros jardins com sentido artístico foram concebidos no Egito e na China, por volta de 2.000 a.C., apresentando cada um sua concepção particular de acordo com os costumes e condições ambientais próprias.

O jardim Egípcio caracteriza-se por ser formal, retilíneo e arquitetônico, seguindo uma linha geométrica e empregando(..) Continuar lendo

Muitas pessoas contam com jardins que ficam cobertos pela sombra na maior parte do tempo. Porém, poucos sabem que existem espécies de plantas e flores que se adaptam facilmente a esses ambientes, dando mais vida e cor ao espaço, deixando-o deslumbrante mesmo à sombra. Uma espécie que pode ser utilizada em ambientes com pouca exposição à luz solar são as hostas. De origem asiática, é muito utilizada em jardins perenes no continente americano. Essa é uma planta muito apreciada pela sua flor e folhagem verde lustrosa. Árvores coníferas e com casca de tronco, chorões e buxos também são algumas das espécies aconselhadas para esse tipo de jardim. Se preferir, você ainda pode decorar o espaço com pequenos vasos de plantas, que podem ser facilmente transportados para outros lugares com mais exposição à luz solar.(..) Continuar lendo