Clube da Jardinagem

Muito usada para a cobertura de vasos e até como substrato, a casca de arroz também é uma ajuda e tanto na nutrição das espécies – não à toa ela é a matéria-prima para a produção do bokashi, um adubo orgânico japonês muito cultuado. “Funciona quase como um adubo de liberação controlada, pois demora para se decompor”, diz Silvia Jeha da Sabor de Fazenda. O material também acelera o enraizamento e, por ser rico em sílica, ajuda a repelir lesmas e caracóis. A casca de arroz é vendida em garden centers(..) Continuar lendo

Uma das flores mais bonitas e utilizadas na decoração da casa, as orquídeas merecem cuidados especiais para florescer Quem gosta e pratica a jardinagem sabe que cada planta tem as suas peculiaridades e, por consequência, exige cuidados específicos. As orquídeas, por exemplo, são bastante delicadas, mas o principal ponto para mantê-las sempre bonitas e saudáveis é a observação. Com elas você deve redobrar a atenção com a quantidade de luz, água e adubo. O crescimento da orquídea é mais lento e por isso não é preciso entrar em desespero se as flores desaparecerem. Para aqueles que adoram essa espécie, a seguir relacionamos outros cuidados necessários para que ela fique sempre bonita. Confira: Tente recriar o ambiente natural da orquídea Em(..) Continuar lendo

Por: Roberta Lopes Nem todo mundo que tem um jardim em casa, no condomínio ou no bairro se atenta ao fato de que, assim como nós, as flores e as plantas também precisam receber um cuidado especial durante o inverno, que é a estação mais seca do ano, já que chove pouco e a umidade do ar fica baixa, gerando até estados de alerta para a nossa saúde e para a natureza. Então, para você não errar mais na hora de cuidar de suas flores e plantas, confira as dicas dadas pela paisagista Camila Leonelo, que há 15 anos trabalha com jardins e ensina os cuidados de cada etapa.    Rega “Regue as plantas somente pela manhã, o ideal é fazer isso entre as 6 e as 7 horas. Isso porque, a noite, o solo fica muito úmido, favorecendo o aparecimento de pragas”. Camila explicou que(..) Continuar lendo

Com a chegada do frio, principalmente na região sul, onde as quedas de temperaturas são mais significativas, os gramados precisam um pouco mais de cuidado na sua preservação: limpeza, aeração e cobertura.

Em algumas regiões, onde o inverno não é muito rigoroso, costuma-se dispensar a cobertura do gramado. Entretanto a prática não é recomendada somente como proteção contra o frio e geadas, mas a cobertura com terra vegetal incorpora ao solo alguns nutrientes e também, ajuda a nivelar o gramado, cobrindo os eventuais buracos.

Para na próxima estação, seu gramado voltar verdinho e vigoroso, a primeira providência é retirar, manualmente, as ervas daninhas, utilizando o extrator de ervas daninhas – modelo: FJ 1007

Depois(..) Continuar lendo

Por Raquel Patro Nas nossas operações rotineiras de poda, assim como em processos como enxertia, frequentemente deixamos superfícies de corte abertas nas plantas. Estes ramos cortados acabam se transformando em uma porta de entrada para fungos e bactérias, que em muitos casos provocam o apodrecimento de partes ou até mesmo de toda planta, fazendo com que todo o trabalho que tivemos, com o objetivo de embelezar a planta se torne um terrível pesadelo. Assim, quando vamos podar os ramos de uma planta, devemos sempre pensar em fazer cortes inteligentes. Ou seja, fazer cortes em ângulo, para que a planta não acumule água na superfície de corte. Outro cuidado interessante é a utilização sempre de ferramentas de corte esterilizados e muito bem afiados. Cortes firmes e limpos, cicatrizam com muito mais facilidades, que um galho todo mastigado e cheio de asperezas e pontas.(..) Continuar lendo